O Projecto GLORIA

Reunião de kick-off de 10 11 de dezembro de 2013, Helsinki na Finlândia

Estudo da dor crónica e desenvolvimento de novos compostos analgésicos – o papel da glia e os receptores opióides

O Projecto GLORIA é uma colaboração internacional e multidisciplinar financiada pelo Sétimo Programa-Quadro da União Europeia. A rede de investigação é composta por participantes de cinco instituições de investigação europeias: a Universidade de Helsínquia (Finlândia), o Instituto Karolinska (Estocolmo, Suécia), o CERBM-IGBMC (Illkirch, França), a Universidade Johan Wolfgang Goethe (Frankfurt, Alemanha) e a Chemedest OÜ (Estónia). O projecto é coordenado pela Doutora Eija Kalso, professora de medicina da dor da Universidade de Helsínquia. Durante este projecto de cinco anos, os investigadores vão estudar o papel da activação das células da glia e da neuroinflamação em diversos tipos de dor crónica.

A dor crónica

A dor crónica é um problema sócio-económico muito abrangente que afecta um em cada cinco cidadãos europeus. Este número é ainda maior entre as pessoas na faixa etária dos 70 anos ou acima. Os cidadãos europeus sofrem de dor diária moderada a severa, que necessita de tratamento. A dor crónica representa ainda um fardo para a sociedade porque origina perda significativa de horas de trabalho e da qualidade de vida dos indivíduos que dela sofrem.

Os analgésicos disponíveis actualmente

Os analgésicos de que dispomos actualmente não conseguem suprimir eficazmente a dor crónica da maioria dos indivíduos que dela sofrem. Além da insuficiente eficácia, os efeitos adversos associados aos analgésicos são muitas vezes causa de fraca adesão à terapêutica ou mesmo da sua cessação. O uso de analgésicos anti-inflamatórios não-esteróides é um dos principais factores responsáveis pelo desenvolvimento de doença e morte associada ao uso de medicamentos. No caso dos analgésicos opióides, observam-se frequentemente reacções de tolerância e dependência devido ao seu uso, durante tratamentos prolongados. O desenvolvimento de analgésicos mais seguros e eficazes passa não só por uma melhoria da potência dos analgésicos existentes com concomitante melhoria do seu perfil de segurança, mas também pelo desenvolvimento de novos fármacos que actuem em mecanismos específicos que causam dor crónica (tal como a dor neuropática, osteoartrite e fibromialgia).

Os objectivos do projecto GLORIA

No projecto GLORIA pretendemos estudar o papel da activação das células da glia e da neuroinflamação em diversos tipos de dor crónica. Usando métodos de investigação básicos e clínicos, iremos contribuir para o desenvolvimento de analgésicos mais seguros e eficazes. A investigação do projecto GLORIA irá produzir nova informação e meios que podem ser usados no estabelecimento de terapêuticas personalizadas para doentes que sofrem de dor crónica.


 
facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailfacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail